Todo empreendedor online quer ter clientes mais satisfeitos, menos carrinhos abandonados, usuários navegando por mais tempo em sua loja virtual e, por consequência, aumentar suas vendas.

Esta é a principal função da “parametrização”. Oferecer uma navegação mais inteligente, objetiva e amigável. Quanto mais rápido o usuário encontrar o que está buscando, ou se encantar com um produto que não planejava adquirir, maior é a possibilidade de compra, seja ela por impulso ou não.

É comum, no universo das compras online, encontrarmos lojas pouco segmentadas, com layouts complicados, páginas poluídas e, muitas vezes, design ultrapassado, principalmente nos pequenos negócios virtuais.

Conceito de parametrização

Agora que você viu a importância da parametrização, vamos ver algumas dicas e conhecer um pouco mais sobre esse conceito estratégico.

A parametrização é o processo de planejamento e definição dos parâmetros necessários dos conteúdos de cada loja, ou seja, estruturar as informações do e-commerce com o objetivo de facilitar a relação entre o consumidor e a interface do canal de venda, tornando-a rápida, eficiente, bonita, agradável, de fácil memorização e navegação.

Este processo também envolve um estudo analítico para identificar, caracterizar e detalhar aspectos e variáveis no conjunto de atributos dos produtos que influenciarão na escolha do comprador.

Quando o conteúdo da loja virtual é bem estruturado, o usuário consegue navegar de forma intuitiva, utilizando categorias, subcategorias, filtros e outras variáveis cadastradas pelo lojista como um guia de navegação.

Layout

O layout com design leve, limpo, minimalista e, ao mesmo tempo, sofisticado, tem a função de conquistar a confiança do consumidor em potencial, transmitindo credibilidade e segurança. Também faz parte de uma comunicação eficiente ressaltar a cor dos elementos importantes do layout, principalmente os que demandam ações dos usuários. Parceiros do UOL HOST, como a Peras Ideias, são especialistas neste tipo de trabalho.

As estratégias comerciais e diferenciais competitivos da loja, como formas de pagamento, frete grátis, troca fácil e outros, devem estar destacados nos banners estáticos. Enquanto para ofertas, descontos, produtos ou conceito de linha de produtos se dá visibilidade por meio dos banners grandes rotativos.

Categorias do menu principal

Um passo que deve ser bem definido e organizado é o cadastramento das categorias e subcategorias do menu superior principal. Exemplo: um empreendedor deseja abrir uma loja virtual de produtos femininos. Ele descreve aleatoriamente em um papel o nome de todas as categorias de produtos que vai trabalhar: blusa de manga longa, blusa de manga curta, blusa de alcinha, tomara que caia, saia longa, saia sino, saia lápis, vestido longo, vestido curto, bolsas de ombro, bolsas de mão etc.

Observe que as categorias acima estão sem segmentação, o que dificultaria a navegação na loja, e o menu superior principal ficaria muito extenso, caso fossem exibidas todas as categorias. Neste caso, o correto seria criar grupos para classificar melhor os itens e ter mais chances de êxito ao direcionar o usuário para o produto desejado.

Neste exemplo, características como manga curta, manga longa, de alcinha e outras não entrariam no menu superior principal, pois estas informações seriam cadastradas como filtros e/ou especificações.

 


 


Página de categoria

Com a criação de subcategorias e filtros, como valor, tipo, marca e outros, o lojista consegue oferecer ao usuário uma busca refinada, podendo segmentar de acordo com cada tipo de negócio.

 

Página do produto

Na página de cada produto, a descrição deve conter informações bem detalhadas, como: identificação de medidas, dicas de utilização e conservação, ficha técnica com informações do fabricante, garantia, dimensões, volume e itens inclusos, entre outras.

As fotos devem ser de extrema nitidez e qualidade, com vários ângulos do produto. Além do grande diferencial, que é o vídeo de demonstração, o qual comprovadamente é responsável por converter vendas acima da média.

Também é importante exibir na página do produto variações como cor, tamanho e outras. Desta forma, o usuário escolhe a opção desejada antes de adicionar o item ao carrinho de compras. Na Loja Magento UOL HOST, com o recurso “produto configurável”, é possível configurar inúmeras variáveis, conforme as necessidades de cada loja e nicho de negócio.

 

Páginas institucionais

As páginas institucionais, como: sobre nós, formas de pagamento, segurança e privacidade, termos de uso, política de troca e devolução, como comprar, dúvidas frequentes, garantia, envio e frete e outras, dão transparência à política comercial da loja e da empresa, sendo determinantes na tomada de decisão de compra do produto.

Páginas institucionais fracas, com poucas informações, mal escritas e, muitas vezes, até em branco, podem impactar negativamente, sendo as responsáveis por gerar dúvidas e receios no consumidor, até o abandono do carrinho de compra.

Resultado

Este trabalho de caracterização, detalhamento de variáveis, conteúdos bem definidos e layout profissional com usabilidade inteligente reduz significativamente o número de visitantes frustrados. Pois com suas expectativas de busca e de navegabilidade bem atendidas, o consumidor é incentivado a ficar mais tempo em sua loja virtual e a comprar mais.

Por isso, oferecer uma melhor experiência de compra aos seus usuários é um investimento assertivo, necessário e constante, que, sem dúvida, traz retorno em curto prazo, fidelizando clientes e aumentando as vendas do seu negócio online.

Bons negócios!

Por: Eduardo Delfino – Peras Ideias / Post original Academia UOL HOST

 

PERAS Tecnologia de Resultados Ltda. |

CNPJ: 11.692.681./0001-12